quinta-feira, dezembro 14, 2006

Pianíssimo gauche!!!

Um dia eu tive uma criatura fosforescente, assim como L. teve/tem (não sei ao certo) o seu! Mas a luz dele era tão forte que ele se tornou muito ofuscante e eu me perdi entre os raios luminosos e consegui apenas guardá-lo na memória. Diferente de L. que conseguiu penetrar na luz e descobrir um pouco da essência das micro-esferas brilhantes que nos atormentam e nos confundem feito um caleidoscópio! Pelo menos ela descobriu que ele tem significado por si próprio. Eu nem mesmo soube se ele precisava de contexto! Ou talvez era eu quem tinha significado e ele fazia apenas parte do contexto? Não sei, mas hoje eu só tenho as imagens foscas e trepidantes que ainda residem na minha caixinha pensante. E essas imagens são tortas como talvez tudo tenha sido torto e só eu não tinha percebido.

E talvez isso não sirva apenas para Carlos e ganhe uma versão nova:

Vai, Gabriela! ser gauche na vida.


Como eu disse pra L., essas coisas são difíceis mesmo! Mas passam...ou, mesmo que elas não passem, se tornam leves como a brisa e, se já não afogam, ao menos causam um certo frescor na alma! Uma espécie de alívio com tendência rarefeita, inebriando-nos e entorpecendo-nos concomitantemente.


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Ontem fomos ao Municipal assistir “João e Maria”! Gostei bastante! O cenário, figurinos, iluminação, tudo excelente, como eu imaginava! Mas uma coisa não me agradou muito: o português do libreto! Calma, não venha me chamar de purista. Não tem nada a ver com isso! É que eu não acho muito bonito canto lírico em português! É questão de gosto, opinião minha! Já ouvi coisas bonitas em português, inclusive outro dia. Mas esse tipo de música fica muito mais bonito interpretado em italiano, francês...
Quando saímos do Municipal, ficamos conversando um pouco antes de nos despedirmos! Eu fui embora com Daniel e Stela, mas antes deixamos Thalita e a melissa (piada interna) no ponto de ônibus: ”Cuidado, não vá cair!”...rs!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Hoje eu tive uma notícia boa! \o/ \o/

Daqui a pouco eu serei tia, vocês já sabem! E, desde que a minha irmã ficou grávida, a minha mãe banca tudo pra ela! Tudo é muito caro nos hospitais: aí que a gente vê o quanto é importante cuidar da saúde, porque médico é muito caro! Só o parto (que quase me fez cair pra traz!) levam 4.000 dinheiros embora como se fosse um copo de água derramado no chão! Tá bom...é um bebê, não um copo d’água!
Mas, voltando ao assunto, a notícia boa, eu fui informada pela minha mãe que assim que ela terminar de pagar o curso da minha irmã (que se forma esse ano) e ajudar o namorado dela (marido..mas ainda chamo de namorado!) com os gastos iniciais do bebê e com o parto, já que a minha irmã não trabalhou esse ano por causa da gravidez, ela me ajudará a comprar o meu piano! Isso porque eu estava falando ontem pra Carolzinha que eu queria muito tocar piano! Então, ano que vem, provavelmente no meio ou no final do ano, eu terei um piano! Hehehe....se já reclamam em casa quando eu faço “Br” “Tr” “lálálá” (vocalise) imagina quando eu fizer “plin plin plin”!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Hoje vou tentar pegar um material sobre grafia indígena pra ler! A professora com quem eu trabalho está na França e só volta em janeiro...o outro professor da USP sumiu! Não escreveu nem pra mim nem pra ela, simplesmente desapareceu! Enquanto eu fico "sem orientação", vou ler alguma coisa que eu acho que pode ser útil! Aí no ano que vem, quando eu for escrever o projeto junto com a professora, se eu me encontrar abandonada, eu procuro um novo orientador ou mudo de rumo de vez! Quem sabe eu não faça que nem S. que vai estudar alguma coisa ligada à música!

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Curtindo a vida adoidado!!!

Como ando meio sem tempo pra ficar aqui na Internet escrevendo e divagando sobre assuntos mundanos, eu vou colocar umas fotos do pessoal da Letras!
Nós comemoramos o aniversário (conjunto) da Aline, da Denise e do Felipe (vulgo Philip ou Felizberto dos Bolos) no “The Clock”, uma balada rockabilly que fica lá perto da Av. Sumaré! Foi super legal! Eu aprendi a dançar rockabilly com o Dan, um exímio dançarino!rs
A galera anda cada vez mais próxima, marcando programinhas e tal! Na próxima semana, estamos pensando em ir ao Municipal assistir “João e Maria”, a última ópera apresentada no Teatro em 2006. Essa ópera é do grupo experimental com quem a minha professora de canto trabalhou! Ela disse que eles são ótimos! \ o /
Estou lendo um livro super legal, “A Paixão Segundo a Ópera”. Tem um capítulo muito interessante que fala sobre Semiótica, a relação entre a palavra (do libreto...cantada) e o som não articulado (o som musical). Depois, quando eu acabar de ler o livro, eu conto mais sobre ele!
Tenho mais coisitas para contar, mas vão ficar pra depois! Bom, por hoje é só! Divirtam-se com as fotos!!!





Felipe Philip Felizberto Bolos e Thalita


Eu, Thalita e Dan


Vai Dannnnnn..."♪ Hit the road Jack / And don't you come back no moreeeeeee ♪"

Linguarudas, sim! =)

Não fique preocupada, Babi! É pr fazer pose mesmo!

A galerinha mais animada da Letras! Pena que não saiu todo mundo na foto!

Carlos (nessa foto, "Edward Mãos de Tesoura") e Aline...o casal 20!

quarta-feira, novembro 29, 2006

Ano novo...

Ano novo...vida completamente nova! Cheguei a essa conclusão hoje! Conversando com uma pessoa que trabalha comigo na ONG, eu resolvi tomar um rumo nessa vida!
Em março do ano que vem, completarei três anos de trabalho na ONG! Quero novos rumos, novos desafios...mudanças “radicais”!
Eu ando “confusa”, estressada (não no sentido de brava, mas no sentido de cansada da correria, talvez desnecessária, do dia-a-dia), não tenho obtido resultados excelentes necessários para o meu crescimento profissional dentro da Faculdade, nem de acordo com os meus “ideais perfeccionistas”. Em decorrência do estresse, não me desenvolvo completamente no canto...e assim a lista cresce!
E eu resolvi mudar o rumo das coisas. Talvez eu tenha percebido tarde demais, mas o que importa é mudar pra melhor! Quando eu tiver que conversar novamente sobre essa proposta de salário e atividades, vou pedir pra reduzirem meu tempo de trabalho. É claro que o salário vai ter de ser ajustado, mas isso não importa. Eu quero tempo livre. Vinte anos e eu fico o dia inteiro praticamente na frente de um computador. Não dá, cansei!
Primeiro emprego: a gente quebra a cara e aprende muito também! Não posso negar que eu aprendi MUITA coisa nesse emprego! Aprendi a usar programas de computador que eu não usaria em outro lugar e que um dia podem ser úteis, convivi com pesquisadores, doutores e mestres, que me ensinaram muitas coisas...conheci gente interessante, fiz amizades, aprendi um pouco mais sobre o funcionamento de projetos, relações entre instituições e o governo, preparação de cursos na área de educação, etc.
Só que agora eu tenho planos:

 quero estudar (de verdade) alemão, isso inclui dedicação total à faculdade;
 quero me dedicar muito mais ao canto;
 se sobrar tempo, pretendo finalmente aprender a tocar piano;
 queria voltar a fazer teatro, mas tenho a consciência de que agora não é o momento...Mas quando eu voltar vai ser com a corda toda: freqüentar agências, fazer testes pra TV, tudo de novo, começando do marco zero. Pelo menos eu já me decidi.
 Quero cuidar de mim, fazer esporte (nem sei mais o que é isso), freqüentar o Cepê!
 Resolvi que no ano que vem não vou dar aula como voluntária.

Queria fazer muito mais coisas, mas sei que se eu ficar planejando muito eu vou me entupir de coisas e não vou ficar contente novamente!
Eu vou fazer aquilo que eu preciso, e logicamente aquilo que eu quero!

Vou procurar um emprego de meio período! Ou fechamos um acordo quanto ao horário de trabalho ou eu vou rumar para outro lugar! Sei que emprego hoje em dia não é coisa fácil de se achar, mas eu tenho que prezar pelo meu bem-estar!
As outras mudanças vêm com o tempo! A gente tem que estar bem com a gente pra que as coisas ao redor pareçam agradáveis!
Ontem eu estava completamente “bodeada”, infeliz com o rumo que algumas coisas tomaram! Hoje eu acordei naquele clima “a esperança nunca acaba”!


E que a esperança nunca acabe!

sexta-feira, novembro 24, 2006

E se....

Eu queria comprar mais livros na “Festa do Livro” da FFLCH, mas o dinheiro acabou. Comprei “Fausto” do Goethe (que eu já li), “Noites Brancas” do Dostoievski, “Esaú e Jacó” (que eu estou enrolando pra ler há décadas), “A ópera Barroca Italiana” do Lauro Machado Coelho (ex-diretor do Teatro Municipal de São Paulo) , “A paixão segundo a ópera” do Jorge Coli (professor da História da Arte e da Cultura na Unicamp)...e comprei umas versões horríveis de outros livros do Kafka, Tolstoi (etc.) que eu espero conseguir trocar.

Ah! Eu comprei “O Ateneu” pra dar pra E.
Ele, muito fofo...gosto dele como das coisas que não precisam de explicação.
Começamos a nos falar por causa da compra da Bíblia azul e de repente ficamos tão próximos. Aí viajamos para Lorena, por causa do BIFE. Fomos juntos no ônibus e tivemos surtos nerds durante a viagem. Primeiro ele começou a me contar sobre a sua I.C. com os manuscritos, aí não conseguíamos falar de outras coisas que não as matérias, as leituras de férias, os “projetos acadêmicos”...Depois nós começamos a reparar na ausência de vozeamento das vogais pronunciadas pelo “Pop” (o “Pop” é um figura engraçadíssimo da Química. O apelido dele surgiu justamente pelo seu “desvozeamento”. Ele se apresentou como “Bob”, mas sai “Pop”. E assim permanece o apelido!).
E. e eu ficávamos sempre juntos: nas baladas, nas torcidas doidas dos jogos, na batida do ônibus do Pincel (o motorista), na falta de idéia - e possibilidades - para janta e a resolução grupal pelo pedido de pizza. Enfim, E. se tornou um amigo especial que eu espero carregar pra vida toda!

*

Hoje à noite M.M. dará aula.

E eu passarei o final de semana com a cabeça nos livros...ai ai ai....esse trabalho do F. vai tomar quase todo o meu tempo, além dos estudos pra prova do M.M.

Além da aula de canto, eu espero conseguir ir ao cinema....faz quase um mês que eu estou enrolando pra assistir algum filme. Não vi nenhum filme esse mês além do “Sessão da Tarde” do feriado. Meus planos (não exatamente praticáveis) do próximo ano incluem tentativas de idas ao cinema, ao menos uma vez por semana, ou a cada quinze dias, vai!

*

Hoje na “Mostra internacional de Cinema” da TV Cultura passará o filme “Código Desconhecido”. Espero conseguir assistir. Parece ser legal. Tudo depende do horário do término da aula de M.M. e da tentação que é a FestECA.

*

Que triste!!! O “último” panda branco e marrom morreu na China. Na verdade, ainda acho que exista algum outro panda branco e marrom nesse vasto mundo...a gente é que não sabe onde achar!

*

Hahaha...pra quem não sabe, existe uma grife chamada DASPU (sim, é isso o que você está pensando. É uma “semi-cópia” do nome Daslu. Mas como a marca é de umas prostitutas, houve uma leve modificação!hahaha). Isso é verdade, viu! A grife vai até começar a exportar lingerie pra França.

*

A foto nova aí no perfil é só provisória..acho que eu vou colocar um desenho que eu fiz há uns três anos! Na foto estou eu e minha amiga-irmã, a Carol da estória da viagem...eu e ela crescemos juntas. Nossos pais se conhecem desde uns dez anos de idade...Nós estudamos juntas, viajamos juntas, passamos a virada do ano juntas, o que der pra fazer a gente faz: juntas.

terça-feira, novembro 21, 2006

Sinayoma : a explicação!

Nunca me perguntaram o significado do nome Sinayoma (é yanomami). Eu explico a estória desse nome. Uma vez um índio yanomami foi ao meu trabalho pra resolver umas coisas com L.F. e eu comecei a conversar com ele sobre nomes em yanomami. Eu perguntei pra ele como seria meu nome na língua dele e ele disse Sinayoma. Aí eu fiquei parecendo criança, contente por saber meu nome em yanomami. Depois de um tempo, eu virei pra ele e perguntei como faziam pra definir que o nome “Gabriela” seria “Sinayoma” em yanomami. Ignorância pura! “Não, mas esse nome (Gabriela) não existe em yanomami. Eu te dei um nome, assim como dariam um nome pra você!” Claro, eu já sabia, estava só brincando (até parece, né?)! Ainda não tinha ficado totalmente satisfeita e, pra terminar, eu perguntei se “Sinayoma” significava alguma coisa específica.”Significa o pássaro que canta mais bonito”. Imagina a minha cara de feliz quando ele disse isso, eu que gosto pouco de voz! E ele nem sabe que estudo canto.

*

Esse feriado caiu como uma luva! Sim, sim, eu descansei, estudei e curti também! A minha aula de canto foi super legal! Ando avançando muito...isso é muito bom...quero começar a cantar grandes árias! Morro de vontade de cantar uma ária da ópera “La Boheme”, chamada “Si mi chiamano Mimi”. É linda! Mas nem sei se meu nipe permite o alcance daquelas notas..creio que sim! Não parece nada assustador do tipo “Carnaval de Venice” interpretado por Mado Robin, com aquele agudo do tipo passarinho...Só achei estranho estar escrito lá que ela alcança um B3 na parte mais aguda da música, sendo que eu sei que eu alcanço um C5 e nem parece tão agudo quanto aquilo que ela faz lá!
Bom, como sempre, “vozes” roubam a cena por aqui! É que minha paixão por vozes é maior e eu começo a escrever e só percebo quando já estou no final, mas na verdade eu ia contar sobre a minha última aula no Centro. Na próxima semana, minhas aulas serão no Jardim São Paulo. Longe pra chuchu! Eu adorava as aulas no Centro de São Paulo. Eu não precisava nem entrar, mas só de passar na frente do Teatro Municipal eu já me permitia sonhos absurdos do tipo poder um dia cantar ali!
Eu entrei no querido Júpiter hoje e imprimi uma pequenina lista com alguns livros sobre ópera e canto dados no curso de música da ECA. Espero encontrar esses livros na Feira da FFLCH e espero também que eles não sejam muito caros. Há um livro sobre a ópera Italiana que eu quero há um tempo, mas está sessenta e sei lá quanto dinheiros e eu fiquei relutando porque sabia que teria a feira no final do ano!

*
Ah! Sábado eu fui lá na Audição da minha ex-escola de música e fiquei muito feliz com as novidades!Eu participava de um grupo chamado “Trovadoras”, mas saí assim que deixei a escola. Mas as meninas continuam firmes e fortes. Quando elas foram se apresentar, um empresário de uma cantora aí as convidou para que fizessem “back” pra ela! A menina tem uma carreira começada já: cantou na TV e tal...tá gravando um DVD agora. As meninas estão participando das gravações. Talvez elas rodem o Brasil pra fazer turnê junto com a tal cantora! Fiquei super feliz!!! E V. está fazendo canto lírico voltado pra musicais num conservatório! Ela está tendo aula com o ex-professor do cara que faz o fantasma no musical “Fantasma da Ópera”! E ela começou a ensaiar um musical da Disney! Superlegal saber que coisas boas estão acontecendo!

*

Ainda bem que está acabando o semestre e a Bíblia Azul vai ficar na minha estante!


*
Definitivamente eu não sei o que será de mim nas férias! Eu sei pelo menos que por enquanto não viajarei pra lugar algum, o trabalho me impede! E eu não gosto muito de férias longas. Mas eu não posso outorgar férias curtas!
Minha viagem pra Machu Picchu não acontecerá muito cedo! Isso se for pra Machu Picchu mesmo! Querem mudar o meu rumo. A Carol, minha amiga-irmã, foi a primeira a saber da minha idéia de “mochilar” por algum lugar da América do Sul. Combinei até de fazer isso com ela, mas depois tudo ficou muito parado e eu achei que ela tivesse desistido da idéia! Foi quase o que ela fez: ela não desistiu de viajar, mas quer ir para o Chile! Um amigo dela está morando lá e ficaríamos na casa dele. Ótimo! Não pagaríamos hotel, albergue... Mas eu estou com vontade de “mochilar” mesmo! Machu Picchu seria o lugar ideal! A Carol, por mais que ela tente, não tem cara de mochileira – não que eu seja uma hippie, mas eu adoro essas coisas – ela é “direto de Paris”, como brinca D.

sexta-feira, novembro 17, 2006

Descobri uma coisa ontem: eu não consigo ser tão superficial como muitas pessoas conseguem!

Vinte anos não servem de muita coisa! Quando eu era pequena, eu achava que com vinte anos eu seria BEM grande. Mas eu ainda sou menina! Talvez isso seja bom, talvez muito ruim. E isso não tem nada a ver com o que eu vou falar aqui, na verdade!

Conversando essa semana com pessoas conhecidas, eu vejo o quanto as “relações amorosas” andam muito superficiais! E algumas amizades também! Definitivamente, eu não consigo sair ficando com mil caras e depois andar como se nada tivesse acontecido! Eu acho que ficar com alguém é algo único e especial e que as pessoas deviam tratar isso com mais seriedade. Amor pra mim sempre foi assunto sério. Tá, as pessoas querem curtir. Mas, no fundo, elas querem Amor.

Eu sempre tive um certo receio das coisas não andarem. E talvez esse receio tenha sido o maior bloqueio. Mas alguns bloqueios são fáceis de vencer, outros não. O problema é que eu me encontro numa fase muito estranha!
Não que os signos digam algo que preste, mas uma característica minha que por algum motivo foi parar na descrição do “meu signo” é o desejo de liberdade. Eu me sinto presa às vezes e esse sentimento me sufoca a tal ponto que eu me esquivo de qualquer situação ameaçadora! E nesse exato momento eu quero abraçar o mundo mas não quero que ele me abrace a ponto de me sufocar...e isso inclui os amigos, o Amor*, a faculdade...

E mesmo assim, algumas coisas me sufocam, talvez positivamente. Posto que nada que é muito extremo é agradável, um pouco de aperto com certo alívio depois pode ser bem recebido!
* Desmentido o que A. falou outro dia, eu não estou apaixonada! Talvez fosse bom estar apaixonada, mas esses homens não colaboram!rs

quinta-feira, novembro 16, 2006

Então...

Mudei um post velho por frescura mesmo! Andei pensando ontem que seria estranho se alguém digitasse o nome dos índios com quem eu trabalho, e o da ONG também, e encontrasse o meu blogue lá no google! Aí resolvi mudar o nome da ONG para ONG e o dos índios para índios! Fica muito mais reservado, né!
É que às vezes me dá uns ataques assim! A internet é pública e eu mesma sou contra algumas frescuras daqueles que se arriscam a navegar e querem colocar senhas para só os amigos olharem e tal. De certa forma, a internet é um lugar de auto-promoção ( num sentido amplo e restrito, ao mesmo tempo)
Eu resolvi mudar, pronto!
*
Hoje eu conversei via MSN com um amigão da escola minha ex-escola de música ( nós ficamos muito amigos e ele canta super bem...eu adorava quando fazíamos juntos as aulas de Teoria musical!
=( [saudade!!!]
Vai ter a Audição de final de ano! Como eu sou uma pessoa VIP (rs), eu fui convidada para participar do ensaio! Vou sábado à tarde, depois da minha aula de canto! Eu não vou cantar, afinal deixei a escola!
Os ensaios eram muito legais...a gente ficava no palco cantando o que vinha à cabeça, enquanto os técnicos cuidavam do som! As horas mais engraçadas eram aquelas em que a Nicole inventava umas batidas meio "beat box" e eu ao mesmo tempo (quase uma repentista) criava uma letra pra zoar a nossa professora de canto! E as meninas faziam uns lálálá no fundo, como se fôssemos cantoras de black, dessas americanas que a gente ouve nas rádios. Eu me divertia muito!
No ano passado, quando eu ainda era da escola de música , eu cantei "I say a little prayer" da Aretha Franklin!
A apresentação da galera será no sábado mesmo, à noite! E eu vou de qualquer jeito! Depois conto como foi!
obs: sempre acontecem coisas bizarras nas apresentações...quando eu cantava e fazia "back" na música dos amigos, não dava pra ver as coisas diretamente. Agora que eu posso circular pelos bastidores e assistir diretamente vai ser muito mais engraçado! No ano passado, o João, que fazia canto e violão, foi cantar "Gita" do Raul Seixas...mas ele esqueceu a letra e cantou as mesmas partes durante a música toda..hauahuahau..esse ano eu não deixarei essas gafes passarem!
*
Ai tenho um monte de coisas pra escrever aqui, mas é que ando sem tempo pra conseguir escrever algo bonitinho! Depois das provas e trabalhos, prometo que o blogue voltará a funcionar! =)

sexta-feira, novembro 10, 2006

Novidades no blogue!

Bom, resolvi colocar umas coisinhas novas aqui no "Oficina Operística"! Coloquei os "Links legais" e os "Contadores de estórias", que são blogues que eu costumo ler!

Nos "links legais", por enquanto, há dois sites legais: um de canto lírico, minha paixonite há algum tempo, embora eu não conheça muita coisa ainda; e outro site com alguns registros de cantores líricos bem interessantes. Esse último site nem é muito legal, mas tem uns registro de um baixo italiano, Cesare Siepi, que é assustador! É muito grave...quase um arroto (não façam cara de espanto! Geralmente, usamos o arroto para exemplificar uma nota muito grave. Para exemplificar notas muito agudas, usamos o som de um armário sendo arrastado...mas esses tipos de sons são raramente produzidos.)

Escuta aí, vai! Pelo menos a gravação do Cesare Siepi! Tá logo no começo!
É muito "estranho"...acaba ficando feio, às vezes. Mas como eu amo voz, acabo achando isso divino! Poderia dizer até que isso é bizarro duplamente!hahaha

Ahhhh!!! Mas tem a gravação da Mado Robin também! Parece um passáro, juro! Escutem essa também!!! É impressionante!

Será que um dia eu consiguiria fazer isso?
Mas eu nem sei se eu gostaria de fazer isso! Sei lá...

Bom, depois conto mais novidades!!!

Esse final de semana vai ser ultra corrido.

Ainda bem que terá feriado no dia 15! Preciso pôr milhares de coisas em dia: preparar aula, fazer exercícios do canto, terminar o trabalho de IEL! Aiaiai

quinta-feira, novembro 09, 2006

De volta!!!

Depois farei um "Diarinho do BIFE"! Agora estou com preguiça e sem tempo! Estou que nem uma louca, tentando terminar uns materiais de pesquisa que vão para a aldeia!

*

Ebaaaaaa!!! Chegou o livro "Patrimônio Cultural Imaterial e povos Indígenas". Esse livro é da ONG é (termo utilizado por indígenas das Guianas para designar o amigo ou parceiro de troca. Hoje, o termo também é usado para seus assessores e parceiros). Pra quem não sabe, eu trabalho na ONG.
Eu cuidei do tratamento de imagens do livro. Tudo começou por causa da minha participação num projeto. A minha tarefa principal era organizar um banco de dados com fotos e desenhos dos índios. Primeiramente, eles escolheram as fotos. Depois, eu montei as pastas, digitalizei e tratei as imagens escolhidas dentro de um tema específico, que podia ser festa, casa, pintura corporal, etc.
Como o novo livro da ONG estava sendo montado e eu mexia com as imagens, acabei sendo escalada para cuidar das imagens do livro.
O livro ficou bem legal! Mas eu tinha gostado mais das fotos na versão papel fotográfico, mandado pela gráfica antes de imprimir o livro. Parece que nesse novo papel as fotos "perderam um pouco da qualidade"! Mas mesmo assim é muito legal ver o resultado de um trabalho árduo...foram meses de trabalho!

*

Ad Instar Delphini
Teus pés são voluptuosos: é por isso
Que andas com tanta graça, ó Cassiopéia!
De onde te vem tal chama e tal feitiço,
Que dás idéia ao corpo, e corpo à idéia?
Camões, valie-me! Adamastor, Magriço,
Dai-me força, e tu, Vênus Citeréia,
Essa doçura, esse imortal derriço...
Quero também compor minha epopéia!
Não cantarei Helena e a antiga Tróia,
Nem as Missões e a nacional Lindóia,
Nem Deus, nem Diacho!
Quero, oh por quem és,
Flor ou mulher, chave do meu destino,
Quero cantar, como cantou Delfino,
As duas curvas de dois brancos pés.

Manuel Bandeira

Eu sabia esse poema inteirinho, na época em que eu fazia teatro. Sempre quis lembrar quem era o autor e como era o poema inteiro. Hoje eu achei ele no "São Google"!!!
Tenho muita saudade da época do teatro! Quero voltar, quero voltar! Quem diria que um dia eu iria parar de fazer teatro e me contentar em sonhar com a volta! Preciso rever as minhas decisões!rs

Qualquer dia eu conto sobre os meus quatro anos e meio de teatro e do aprendizado maravilhoso (tanto de vida como de teatro) que eu tive com feras como Kate Hansen e Roberto Áudio!

*
Nossa! Encontrei um Masterclass da Teresa Berganza ( uma cantora lírica) no Youtube. Quem quiser, procure lá...é MUITO legal!

*

Ah! Por hoje é só!!!
Tô postando aqui só pra dizer que ainda estou viva e que contarei as novidades quando estiver menos ocupada!

terça-feira, outubro 31, 2006

SAUDOSISMO

Ontem eu saí da faculdade à noite e fui com meu pai ao Jockey buscar o meu irmão. Meu pai é fotógrafo e trabalha no Jockey há muito tempo, antes mesmo de eu nascer!
Como as corridas não haviam acabado, eu desci do carro e sentei com meu pai nas arquibancadas pra esperar meu irmão! Era quase meia noite e o Jockey estava praticamente vazio. Por causa do trabalho do meu pai, eu passei grande parte da minha infância no Jockey. Estudei na Escolinha do Jockey no pré (foi nessa época que eu fiz amizades que duram até hoje). Depois, estudei no Colégio Pentágono, que ficava ao lado do Jockey, freqüentava a colônia de férias dos funcionários do Jockey, participava das festas na quadra do Jockey, ia às corridas às vezes. Resumindo, o Jockey faz parte da minha vida.
Mas ontem, quando eu me vi sentada naquela arquibancada vazia, me veio aquele ar de tristeza. Eu me lembrei das grandes festas que aconteceram ali, das arquibancadas cheias mesmo quando não tinha Grande Prêmio; do dia em que o meu irmão enfiou a cabeça na grade pra ver os cavalos cruzando a reta final e não conseguia mais tirá-la; das corridas com chicote imaginário pela grama imitando jóqueis; das brincadeiras no parquinho com os cavalinhos-de-balança; da Copa do Mundo de 1998...com um show no final. E, de repente, aquilo tudo que havia acontecido naquele lugar estava ali, mas não estava. Era tudo um vazio. E eu me senti vazia.
Como ainda ia correr um páreo no RJ, pra depois correr o último aqui em SP, eu fui até a sala de um amigo do meu pai para telefonar para o meu irmão . Fiquei conversando com ele e mais lembranças surgiram. Eu comecei a olhar para o rosto dele e perceber as rugas, as bolsas que apareceram embaixo dos olhos dele. Eu brincava com ele quando pequena. E ontem eu olhava para o rosto dele e via quanto tempo já havia se passado . Para todo mundo. Aquilo me deixava mais vazia por dentro.
Foi estranha aquela sensação! Mas eu lembrei de muita coisa que estava escondida em algum cantinho do meu cérebro e que só poderiam ser lembradas se eu fosse lá.
Eu vivi tanta coisa boa naquele lugar*. Eu conheci tanta gente boa lá. E hoje há apenas lembrança...porque aquele tempo não volta. Mas eu tenho tudo guardado aqui comigo. E isso é bom!

* Eu me apego muito às pessoas e aos lugares: guardo os cheiros – das flores, das comidas, etc. -, os ares de determinados lugares. E bate uma nostalgia muito grande quando eu vejo esses lugares vazios, sem vida. Outro dia eu estava andando na USP, numa véspera de feriado, e aquele lugar estava quase morto. E eu parecia um pouco morta também...Às vezes é estranho ficar assim. Mas é bom também, vai!

segunda-feira, outubro 30, 2006

I will survive!!!

At first I was afraid, I was petrified,Kept' thinkin' I could never live without you by myside,But then I spent so many nights thinkin' how you didme wrong,I grew strong, and I learned how to get along,And so your back, from outer space,I just walked in to find you here with that sad lookupon your face,I should've changed that stupid lock,I should've made you leave your key,If I had known for just one second you'd be back tobother me,Go on now go, walk out the door,Just turn around now, you not welcome anymore,Weren't you the one who tried to hurt me withgoodbye,Did you think I'd crumble, did you think I'd lay downand die,Oh no not I, I will survive,For as long as I know how to love I know I'll stayalive,I've got all my life to live; I've got all my love togive,And I'll survive, I will survive,Hey, Hey!
obs: eu vivo cantando essa música...hahaha..deve ser um lado "gay enrustido"!hahaha

*
Eu perdi um livro, droga! E preciso desse livro pra estudar... Eu estava voltando da aula de canto e decidi descer em Pinheiros. Eu andei por muitos lugares e deixei o livro em cima de alguma prateleira. Quando eu estava indo embora, tive a sensação de que estava faltando algo, algo que tinha estado em minhas mãos durante toda a manhã: o livro! Mas já era tarde demais! Eu voltei em todas as lojas e não o encontrei. Eu liguei hoje para algumas das lojas, mas ninguém o encontrou! = (
Eu espero que cuidem bem dele! Buááááááááááaá....

*

Ontem eu passei o dia na casa da minha avó. Foi o aniversário dela no dia 27 e resolvemos fazer um churrasco! Foi muito divertido: aproveitei o dia com a Vic. A Victória é uma prima minha de doze anos. Nós nos damos muito bem, embora ela seja bem menor. Há uma ligação forte entre nós duas! Sempre que acontece algo com ela, ela se lembra de mim. Quando acontece alguma coisa ruim, ela me liga chorando, pedindo ajuda...e se acontece algo bom, ela me liga eufórica pra contar a novidade! Nós já passamos muitos momentos bons juntas.
Agora, a diferença de idade nos afastou um pouco. Quando a gente é menor não há tantas diferenças: as brincadeiras são parecidas, as aflições também, as descobertas. Mas hoje é um pouco diferente!

*

Eu não sei porque as crianças gostam tanto de mim!!! Em todos os lugares elas me perseguem! Tem umas que não desgrudam! Mas eu adoro todas elas! Talvez porque elas sejam mais verdadeiras, mais frágeis, mais inocentes, mais tantas coisas que a gente perde quando cresce.
Talvez eu tenha ainda muita coisa de criança dentro de mim. Ou talvez eu me sinta bem porque perto delas eu estou livre de todas essas coisas "feias" que a gente aprende a fazer quando vira adulta.

*

Minha professora de canto vai se mudar pra longe! Decidi que eu vou fazer uma “viagem” todo sábado, mas eu não vou trocar de professora! Agora que eu encontrei a pessoa certa! No sábado da semana depois do feriado eu começo a cantar umas músicas do Mário de Andrade (pra quem não sabe ele era músico também)! Eu conversei com a minha professora e vou repor as minhas duas aulas! Iupi! Posso ir pro Biffe sem peso na consciência! \o/ \o/

*

Eu leio as notícias na Internet porque em casa não temos o costume de comprar jornais! Eu adoro ler notícias no caderno “Ciência”...eu gosto muito desses assuntos, desde pequena! E quando as matérias desse caderno estão relacionadas com comidas inventadas, animais clonados, mais do que invenção de máquinas e tal, eu me interesso bastante! Hoje li uma notícia na Folha sobre a invenção de uns tomates azuis que têm mais proteínas do que os tomates normais! A cor azul do tomate vem do acúmulo de compostos naturais e antioxidantes que já existem nos tomates comuns! Eu não imagino um tomate azul enfeitando a minha salada. Embora eu goste muito de tomates.

*

Ah! O número de visitas do meu Blog aumentou muito! Mas eu acho que essas pessoas têm vergonha de comentar! Eu não sou brava, não! Se você entrou aqui, pelo menos participe! Não sou daqueles chatos que inventam blog só para os conhecidos. Afinal, quem está na chuva é pra se molhar! Não me venha com estórias de que quer privacidade*...


* É que escolhemos o que os outros devem ou não ficar sabendo! “Selecionamos” o que vamos contar para o amigo, para professora, para os pais...Por que seria diferente com a Internet? Se você se empolga e faz do seu Blog um diarinho ambulante, não reclame que não tem privacidade!

quarta-feira, outubro 18, 2006

Relatos e bizarrices

Mulher perde pedaço de dedo no Rio de Janeiro por causa de briga política! Isso tudo por causa da disputa Lula x Alckmin. Até parece que eu arriscaria o meu dedo por causa de um dos dois. Perguntem a eles se arriscariam os seus dedos por nós!
Dizem que a novela “Páginas da vida” anda meio paradona. Bem que o Maneco podia dar uma movimentada na vida das donas-de-casa e colocar essa cena ocorrida no Leblon. Eu votaria na personagem da Lília Cabral brigando com a personagem da Regina Duarte pra fazer um revival do primeiro capítulo, quando as duas quase se estapearam depois de uma batida de carro.


*tem gente que diz que o Lula perdeu o dedo de propósito!

#

Um cano era introduzido em minhas costelas. A respiração facilitava-se com tal processo, uma espécie de alívio tomava o corpo. E depois eu cuspia sangue e parecia que o sangue estava em minha boca de verdade. A transição entre o sonho e a realidade confundia os meus sentidos e o sangue realmente estava em minha boca. Não, não estava. Era só o sonho.
Depois eu sonhei que eu estava beijando um cara que eu sabia quem era, mas que não está claro quem é agora. Aquele tipo de sonho que você sabe que teve , mas não consegue lembrar minuciosamente.
Essa noite tive esse sonho estranho!!!
Falando em beijo, toda a vez em que eu sonho que estou beijando o beijo é ruim. Um dia eu sonhei que estava beijando um cara (na época, eu era pequena e nem havia beijado ainda) e o beijo era salgado, muito estranho de explicar, era como se eu tivesse beijando algo que tivesse ficado mergulhado na água do mar. Ainda bem que meus beijos na vida real não iguais aos dos sonhos!rs


#

Ontem eu estava voltando para casa e num momento muito bisbilhoteira eu fiquei lendo a mensagem que uma menina estava escrevendo para algum amigo ou namorado, rolo, sei lá!
“Não estranhe, estou meio poética hoje. Mas momentos reflexivos sempre me deixam assim. Sinto saudades dos primeiros passos. Agora só me resta voar!!!”.
Essa mensagem de certa forma me fez pensar. Não cheguei a formular uma boa resposta e nem colocaria aqui porque passaria dias escrevendo o que essa pequena mensagem despertou em mim! Questionamentos sempre nos perseguem, sejam eles bons ou ruins.

#

Ontem na aula de “Estudos Literários II” conversamos sobre as questões da prova e os textos necessários para que elas sejam respondidas de forma completa. Fiquei pensando se até o final do curso eu vou gostar tanto da faculdade como estou gostando hoje. Sempre vejo pessoas reclamando que estão cansadas dos professores e das matérias. Que não vêem a hora de acabar o curso.

#

Ontem eu escrevi aqui que eu não ia mais ao BIFE e que ia acabar gastando cem dinheiros com livros na feira da faculdade. Mas eu decidi que é mais provável que eu vá ao BIFE do que eu compre muitos livros. Os meus amigos tão me convencendo a viajar, cada hora fazem mais a minha cabeça. Na verdade, eu quero ir. Só que não queria gastar dinheiro com “besteiras” e nem perder a minha aula de canto! Acabei esquematizando umas coisas e decidindo que irei ao BIFE e que tentarei repor a minha aula de canto quando eu voltar. Se eu não conseguir repor a aula, vou ficar chateada.

#

O que é isso? O fim do mundo? Tá louco, só estão acontecendo desgraças nesse segundo semestre. É trem batendo, barco afundando, avião caindo. Que mais vai acontecer?

#


Coisas estranhas:

Leonardo Di Caprio resolve investir em reality show ecológico. A não ser que eu esteja viajando e a idéia seja realmente incrível, isso me parece um tanto ridículo. Mas como diz G., eu posso ser simples e aí não adianta questionar.
Os EUA devem aprovar até o final do ano a venda de carne e leite de animais clonados. Há pessoas que não vêem mal nisso, pois dizem que animais clonados são animais clonados, não geneticamente modificados. Eu não vejo isso com bons olhos. Eu já não como carne vermelha e evito os hormônios de frango (isso foi uma brincadeira). Comer animal clonado, então, parece no mínimo algo bizarro e fora de que questão. É óbvio que eles estão fazendo pesquisas e tal, mas eu não me atreveria.

terça-feira, outubro 17, 2006

Felicidade

Nem sei se o que tenho pra contar é grande novidade! Tá, não é! O blog tá parecendo repetitivo, mas eu não posso fazer nada se eu ando feliz e ponto.

Ontem assisti uma aula na Filosofia com a Chauí! Gostei da aula dela! Penso em pegar umas matérias na Filosofia durante o meu curso!

Depois tive uma aula de Lingüística que foi ultra legal! Essa matéria de Semântica formal parece querer complicar a nossa vida, mas ela é tão legal!

Gostei do exemplo do Fiorin comentado por um cara da minha sala:

João tem cinco filhos
João tem dois filhos

(obs: acarretamento)

Não vou ficar explicando aqui porque quem tá estudando isso vai entender perfeitamente! Mas quem não souber do que estou falando, pode perguntar!

No começo do ano, quando eu entrei pra faculdade, vi as primeiras aulas só anotando em folhas de fichário pra resolver depois,quando eu comprasse um caderno, qual matéria seria a primeira e qual seria a última! Coloquei "Introdução aos Estudos Clásssicos" como a primeira e "Elementos de Lingüística" como a última matéria! Agora, no segundo semestre, se eu fosse mudar de caderno, colocaria "Elementos de Lingüística" como a primeira!!!

*

Os meus amigos da faculdade são todos uns fofos!(comentário perdido!rs)

*

Estou vendo se visito a bienal com meus amigos

*

Nesse final de semana tem churrasco pra rever a galera da escola! Vou matar a saudade do pessoal!!! Iupi \o/

*

Queria muito ir ao BIFE, mas acho que terei aula de canto e não terei muita grana pra viajar. embora seja barato, eu já andei gastando dinheiro e final de mês é uma droga! Não gosto de gastar tudo pra ficar sem nada, mas também não queria deixar de viajar!

*

Andei tendo um "surto nerd"! Pensei em não viajar e gastar uns 100 dinheiros na feira de livro da faculdade! Como eles são bem mais baratos, dá pra comprar um tantinho de livros: pelo menos uns quatro, cinco!

Quero comprar uns dois de filosofia, um de teoria literária, um de lingüística, uns dois de literatura, alguns de música!Olá...já passou de cem dinheiros! Vou acabar gastando mais com essa feira! Já tô até vendo!

Mas gastar com livro nunca é demais!

*

Preciso fazer algum tipo de esporte, estudar inglês e alemão, estudar mais teoria musical, arranjar tempo pra cantar profissionalmente, visitar o pessoal da escola de música, ligar pra alguns amigos, passar uma tarde na chácara...

Ai, é tanta coisa que não dá pra fazer! =(

*

Beijos para todos!

quarta-feira, outubro 11, 2006

Ultimamente a vida anda tomando novos rumos. Isso é bom. Não, isso é maravilhoso!
A galera da faculdade está sempre junta, as aulas de canto estão cada vez melhores, os estudos mais interessantes, as leituras agradáveis e reveladoras, as conversas no MSN divertidas e, muitas vezes, frutíferas... é possível que eu engate uma iniciação científica!
Ah! E fora isso eu estou bem comigo...feliz sem ter que definir tal felicidade como decorrente de algo específico! Sim, tudo tem me agradado!
Ando aprendendo que o mundo não tem que ser do jeito que eu quero que ele seja. A vida não é um conto de fadas! Eu tenho gostado dele (do mundo) do jeito que ele é ou se eu não gosto do modo como ele se apresenta, eu não vou mais fantasiar (tá bom, muitas vezes eu ainda vou fantasiar!) algo que não pode existir...eu vou...

*

Ontem foi o aniversário da Carol, minha amiga querida de infância!!! Revi o Diego...um amigo que eu não via havia algum tempo!!! Deu pra matar a saudade dos amigos, mas só um pouquinho!

*


Hoje tenho prova de "IEC II " e não me sinto despreparada, mas também não me sinto ultra-preparada para essa prova! Não tive tempo de pensar realmente nas questãos, mas acho que irei bem até!

*

Poxa, eu queria ver a exposição dos deuses gregos com o pessoal da USP amanhã lá na FAAP, mas eu tneho aula de canto bem no horário em que eles marcaram!

*
Assisti "Capitães de Abril" esses dias....o filme é legal!

*
Bom, sem descanço no feriado, de novo! Darei duas aulas e terei aula de canto!E as leituras atrasadas...preciso colocar o máximo de coisas em dia!=(

*
E sexta eu trabalho! Sem comentários.....

terça-feira, outubro 03, 2006

News and music!

A faculdade está incrivelmente boa! Estou gostando cada dia mais de Lingüística!!! E tive prova dessa matéria ontem! Acho que fui bem! No entanto, uma questão me deixou um tanto confusa! Mas descobri que eu não sou a única: muitas pessoas questionaram e ainda não sabem qual é a reposta!

Estou com preguiça de postar algo mais interessante, mas tenho algo a deixar aqui para que vocês ocupem os seus preciosos tempos com algo de boa qualidade: a música "Cheek to Cheek" interpretada - na minha versão preferida - pela Ella Fitzgerald e pelo Louis Armstrong (dois astros do Jazz!!!)



Cheek To Cheek
Heaven, I'm in heaven
And my heart beats so that I can hardly speak
And I seem to find the happiness I seek
When we're out together dancing cheek to cheek
Heaven, I'm in heaven
And the cares that hung around me through the week
Seem to vanish like a gambler's lucky streak
When we're out together dancing (swinging) cheek to cheek
Oh I love to climb a mountain
And reach the highest peak
But it doesn't thrill (boot) me half as much
As dancing cheek to cheek
Oh I love to go out fishingIn a river or a creek
But I don't enjoy it half as much
As dancing cheek to cheek(Come on and)
Dance with me
I want my arm(s) about you
That (Those) charm(s) about you
Will carry me through...(Right up)
To heaven, I'm in heaven
And my heart beats so that I can hardly speak
And I seem to find the happiness I seek
When we're out together dancing, out together dancing(swinging)
Out together dancing cheek to cheek

Beijinhos

quinta-feira, setembro 21, 2006

Há um tempo já que eu não escrevia aqui! Mas é que a vida anda muito boa e não sobra tempo...ou sobra e eu não me sinto tão animada pra contar tudo!

A semana retrasada foi ótima! Não tive aula (o que não é tão legal), saí com o Marcão e com o Brunão e cuidei bastante da voz! Ah...e teve passeio ultra engraçado com a Lidi e com o Fê! Nossa como eu ri nesse dia!!!

A semana foi bem tranquila, tirando que eu achei que tivesse acertado uma questão da prova e, na verdade, zerei a questão!Bah!
*

Bom, descobri que a minha teoria sobre os homens bonitos (essa teoria só vale pra minha pessoa!!!) se afirma a cada dia! Se eu acho um cara bonito (digo atraente..que me chame a atenção) entre tantos outros que não me interessam e começa a rolar aquela troca de olhar básica e tal...quando eu conheço o cara, as minhas expectativas vão sempre por água abaixo. Ou porque o cara não faz o meu "tipo ideal" (não rola a tão desejada química), ou seja, só serve pra ser amigo...ou o cara tem namorada ou, ainda, o cara é um bobo mesmo!


Quando eu descubro que o cara tem namorada, eu já pulo fora! Sim, eu tenho trauma de homens compromissados! Não que eu me envolva com eles, mas só de pensar que um dia um namorado meu podia estar fazendo isso comigo já acaba com qualquer encanto! Se o cara é um bobo e não tem namorada a decepção é um pouco maior porque aí eu vou passar dias pensando em como eu sou uma "péssima" escolhedora do homem ideal!Mas se ele é bobo e bonito, sem namorada, coitado dele!!! Agora se o cara não faz o meu "tipo ideal" não é tão ruim assim, porque ele pode virar um grande amigo!

*

A semana passada também foi bem legal!!! Animada e tranquila ao mesmo tempo!!! Esse final de semana eu assisti "Sem notícias de Deus" com o Gael García, a Penélope Cruz... Legal o filme!!!

*

A música na minha opinião é uma das maiores invenções do homem!!! Tenho descoberto inúmeras possibilidades no canto lírico!!! Minhas aulas estão cada vez melhores!

*

Peguei um trabalhinho extra e não sei se darei conta! Ahhhhhhhhhh!!!

*

Quero arranjar uma banda pra cantar! Isso se eu conseguir tempo, obviamente! Na verdade, não quero uma banda! Quero alguém que toque violão ou piano pra ensaiar..só isso! Nada de apresentações! Só treino! Simplesmente para fazer descobertas vocais!!!

*

Eu acho que a minha viagem pra Argentina vai mudar de rumo!Estou pensanso em viajar com um amigo da época da escola! Ele é um ano mais novo e nós nos conhecemos no colegial por colegas em comum!!! Nós ficamos amigos...coisa que não aconteceu com muita gente que era da minha sala da escola, por exemplo! Estamos pensando em ir para Machu Picchu! Vamos até o sul do brasil e pegaremos o trem da morte! Nossa, vai ser o máximo, se der certo!

*

Hoje no almoço fiquei conversando com dois amigos e o assunto inicial foi a descoberta do esqueleto da criança mais antiga do mundo! Depois, acabamos falando sobre a relatividade do tempo e as pesquisas arqueológicas em geral! É engraçado como pequenas conversas podem gerar enormes questionamentos! Eu adoro essas conversas que surgem de um assunto mínimo e poderiam até virar uma tese de doutorado! E ultimamente isso tem sido frequente! Muito inspiradora essa minha semana!!!

*

Bom, para aqueles que sentiram falta dos posts, aqui está um breve relato sobre os dias passados!

sexta-feira, setembro 01, 2006

Ao som de Maria Callas

Estou com raiva porque tudo o que eu havia escrito sumiu, simplesmente porque eu selecionei o texto para dar um "justificar". Nem a opção "recuperar post" funcionou! Maldito blogger!
Vou continuar escutando Maria Callas e pensando se eu escreverei mais tarde!
beijos

segunda-feira, agosto 28, 2006

Estudos e recuperação vocal

Esse final de semana foi de repouso intenso!
Na verdade, na sexta-feira eu fui à uma festa da faculdade com alguns amigos e a minha voz que já não andava boa foi para o espaço!Fiquei extremamente rouca.
Acabei dormindo na casa de uma amiga e de lá, no sábado, fui direto para a aula de canto. Fiz basicamente exercícios de relaxamento porque as minhas pregas vocais não aguentariam uma maratona de vocalises. Nesses casos de rouquidão, é bom não forçar!
Depois da aula, fui para casa e almoçei com o pessoal! Sábado teve um jantar em casa pra comemorar os quarenta e seis anos do meu pai! A Carol apareceu em casa e deu pra matar a saudade dessa amiga às vezes ausente. Falei tanto, mas falei tanto, que no domingo a minha voz basicamente não saía. Eu queria morrer porque a minha voz é um dos bens que eu mais prezo.
Domingo não tinha jeito, eu precisava fechar a minha matraca e descansar. Quase não falei, ou melhor, falei apenas o necessário! Fiz gargarejo com abaxi e mel. Pra quem não sabe, o abacaxi, integrante do grupo das frutas cítricas, é responsável por um aumento da salivação, gerando um maior número de deglutições, que ocasionam um relaxamento da musculatura da garganta, favorecendo toda a dinâmica do trato vocal.
Hoje, segunda, eu fui ao médico para fazer a nasolaringoscopia. Esse exame permite que se examine a região do nariz, garganta, laringe, pregas vocais... Enfim, pra quem canta é essencial fazer, ao menos uma vez por ano. É um pouco encômodo, mas não dói. Só que como foi retirado material para que seja realizada uma biópsia a região ficou um pouco dolorida!
O que importa é que eu estou cuidando da minha voz! Eu me submeto a qualquer tipo de exame pra mantê-la saudável!
Não estou mais tão rouca hoje! Minha voz está funcionando 75%!
Bom, fazendo jus ao título desse post, vamos falar dobre os estudos! Quinta-feira eu tenho prova de IELP, a primeira prova do segundo semestre. Estou bem animada com essas aulas de IELP, as leituras tem me oferecido coisas boas!
Passei o domingo lendo Jared Diamond e Verger. Gostei mais do texto do Diamond! Ainda ontem tentei ler "As consequências do letramento". Achei meio intragável, talvez pelo sono! Hoje de manhã tentei lê-lo novamente, mas estava com sono de novo e a tentativa foi vã!
Não sei se eu vou achar difícil a leitura desse texto, mas até agora não consegui absorver as cinco primeiras páginas lidas. Essa mistura de sociologia e antropologia me "cafundiu"...mas eu acho o assunto interessante. Eu só não consegui absorver por algum motivo maior. Só que eu preciso ler o livro inteiro até quarta! Goddy e Watt que me aguardem!!!
Voltando ao assunto da voz, fiquei quase louca por não poder cantar e falar direito. Acho que se um dia eu ficasse muda, eu entraria em crise!
Minha voz está quase nova! Agora que sei que as minhas pregas vocais estão saudáveis, resta apenas cuidar da minha rinite e fazer muito vocalise e exercício pro diafragma!
Maria Callas que me aguarde!rs

quinta-feira, agosto 24, 2006

JASON VORHEES!!!

O post de hoje é dedicado ao Jason. Sim, é o mesmo Jason que você está pensando: O jason do filme "Sexta-Feira 13"!

Eu não sei explicar, mas quando criança eu tinha um facínio enorme por esse tipo de filme. Grudava a cara na tv e me divertia assistindo Freddy Krueger e Jason! Na maior parte das vezes, eu ia dormir tranquila, mas tinha sonhos terríveis! E mesmo assim nunca deixei de assistí-los!


Jason era o que eu mais gostava! A cena em que a menina caía no lago e ele a puxava para o fundo era a que mais me dava prazer em ver! Eu não sei que espécie de gosto era aquele! Eu fixava os meus olhinhos pequenos na tela e não tirava mais - eu devia ter uns 7 anos na época em que me fascinava com esses vídeos.

Hoje em dia, não suporto esses novos filmes do tipo "Premonição". Não me enriquecem em nada!

O mais engraçado é que esses antigos eu ainda vejo com certa vontade....até pensei em alugar todos do Jason!

Quando será a proxima sexta-feira treze?

segunda-feira, agosto 21, 2006

O RETORNO!!!

Pra variar, voltei a ter sonhos estranhos! Obviamente que eles não ficam claros pra mim...é sempre um turbilhão de informação num sonho só! Mas será que realmente existe algum tipo de mensagem emaranhada nas entranhas do meu estado onírico? Creio que não, pelo menos por enquanto!
Minha racionalidade prefere ganhar espaço, sempre, vetando qualquer percepção mais metafísica!
Mas o sonho foi estranho mesmo assim! Eu sonhei que eu morava na Avenida Elizeu de Almeida e que estava voltando da USP à noite, fugindo de uns ataques do PCC! Meus sonhos são sempre cinematográicos! Poderia ter escrito várias séries do tipo "24 horas" ou "Lost". Aposto que eu já estaria rica!
Voltando ao sonho...
Eu andava a pé pela avenida e seguia em direção à minha casa ( que na vida real não fica na mesma avenida do sonho). Quando cheguei em casa, me deparei com uma cena engraçada: o meu quarto era extremamente grande e tinha uma janela de vidro que pegava toda a parede. Não havia cortina, nem madeira, nada! Era como se a minha janela fosse uma tela de cinema. Sim, ela era enorme como uma tela do "Cinemark"! Avançando um pouco: depois de algum tempo, estando a minha irmã, a minha mãe e eu no quarto, o teto começou a desabar!(mais um sonho com teto desabando - um dia explico a frequência desse tipo de sonho...trauma de infância. Sim, um teto desabando já quase me matou!)
Nós três corremos para a porta e, como era impossível de escapar do desabamento, ficamos apenas embaixo do batente. Eu sentia o concreto batento nos meus braços com uma força incrível. Ainda bem que algumas sensações a gente só vive em sonhos!!!
No final acordei sem saber em que pé ficou a estória(ops, sonho!)...deu um branco geral!
________________________________=__________________________________
Esse final de semana foi muito legal!
Fui ao níver da Lidi lá na Alameda Lorena! Como eu dei risada!
No domingo teve festinha surpresa pra Anna! E foi surpresa mesmo!
Estou participando de uma espécie de "agência do amor"!!! Não, eu não me cadastrei em alguma agência de encontros amorosos (ou sei lá como isso deveria ser chamado), eu fui "induzida" a trabalhar numa plantação, mas não sei se renderá algum fruto.
Fiquem com a linguagem figurada! Essa é uma longa história pra se contar num blog!!!
E tem sido engraçado, apesar de eu ser super "travada"!
Há que se destravar!

sexta-feira, agosto 18, 2006

Just one thing!!!!

O final de semana promete!!! Uhu!!! Vai ter baladinha, aula de canto, aniversário, filminho...

Li uma frase do Marcão que diz algo interessante sobre o amor! Depois postarei aqui!

Marcão, o guru do amor! hahahahahaha


Meu blog tá todo desconfigurado, mas eu não quero arrumá-lo agora porque eu estou sem pique pra fazer esse tipo de coisa!

Bom final de semana!!!

Beijinhos sabor moranguinho...


obs: Just one thing? hahaha

quinta-feira, agosto 17, 2006

Coisas simples!

Só tenho uma única informação a dar: ESTOU MUITO FELIZ HOJE! E isso envolve coisas muito simples da vida!

quarta-feira, agosto 16, 2006

DIARISTA!!!!

Marcão, você é um malvado! Mas eu te adoro mesmo assim!


Vagaldinho: Marcão
Wer sind sie?: Eu


Conversa no MSN

Vagaldindo diz:
trampo soh amanha finalmente
Vagaldindo diz:
depois de 33 dias
Wer sind Sie? diz:
ai eu quero ferias longa assim!
Vagaldindo diz:
tem q ter as costas quentes q nem eu
Wer sind Sie? diz:
hahahaha..me arruma uns contatos!
Wer sind Sie? diz:
rs
Vagaldindo diz:
vc ja tem um bom
Vagaldindo diz:
eu!!!
Wer sind Sie? diz:
Hahaha..
Wer sind Sie? diz:
que bom saber..qdo for mudar de emprego!rs
Vagaldindo diz:
uahuahua
Vagaldindo diz:
eh eu vo ateh abrir uma agência por causa dos meus contatos!
Vagaldindo diz:
mudar de ramo
Wer sind Sie? diz:
Hum..tem emprego pra mim?rs
Vagaldindo diz:
diarista serve?
Wer sind Sie? diz:
Ah! Obrigada pela consideração!
Wer sind Sie? diz:
Vou ter que colocar isso no meu blog!hahaha
Vagaldindo diz:
tudo bem


Marcão, você vai ver! Vai ter que marcar baladinhas com direito a "I like to move it" pra compensar a sua grosseria! Acredita que o Brunão me passou o mp3?

_____________________________//___________________________________


To sem computador em casa. As coisas andam corridas...depois eu escrevo algo decente!

terça-feira, agosto 15, 2006

EU QUERO VIVER DE MÚSICA!

Há uns oito anos que eu sou obcecada por pianos! Antes eu gostava, mas não dava tanta importância.

Eu quero um piano e qualquer jeito. O problema é que é caro e, morando em apertamento, é difícil de encontrar um lugar para colocar o piano. Se eu deixasse ele na sala do apartamento, meu irmão certamente ficaria apertando as teclas só para fazer barulho e o piano desafinaria logo. Não tenho como trancar o piano e muito menos comprar um!
Por enquanto vai ficar só no sonho mesmo.

Eu só aprendi a tocar alguma coisiha no violão. Embora eu goste deste instrumento, a minha relação com o piano é mais forte. Com o piano eu tenho a certeza de que seria diferente. Eu ia querer aprender a tocar música clássica e a minha dedicação teria de ser quadruplicada.

Além das aulas canto lírico, que eu não largo de jeito nenhum, eu amo piano, acho bonito violino, oboé, harpa....ah! Eu amo música!


Quero viver de música! Alguém quer me patrocinar?rs

segunda-feira, agosto 14, 2006

Essa semana...

Essa semana promete ser meio corrida!
Eu tinha de ter lido alguns dos textos pedidos pra essa semana no sábado ou no domingo, mas não fiz isso porque a minha cabeça estava longe de qualquer coisa muito objetiva! Às vezes, tenho umas crises de concentração. Pra se mais clara, a minha "crise de concentração" significa estar concentrada em qualquer outra coisa que não seja aquela pela qual eu deveria realmente me dedicar!
O final de semana foi bem legal. Na sexta eu fui à festa da Poli e foi divertido encontrar alguns amigos que eu não imaginava que estivessem lá! No sábado, eu fui ao show do Cordel no Ibirapuera, mas fiquei "p. da vida" com o Gui! Eita furão! Se não fossem os meus amigos do cursinho, que eu encontrei na melhor hora possível, eu teria passado a noite inteira sozinha lá no Ibirapuera! Na volta do show, eu fui até um lugar com dois amigos e depois segui sozinha! Aí dois caras foram me oferecendo a camisa da banda! Eu não ia comprá-la, obviamente, mas fiquei comversando com os caras e voltamos até a Av. Brigadeiro juntos. Eles eram bem legais! Um dele estava cursando artes plásticas na Belas Artes e o outro era formado em administração. Eu fiquei com medo de não ter como voltar pra casa e eles, fofos, falaram que iam esperar eu pegar um ônibus, senão iam ficar com peso na consciência! Ainda bem que em menos de dez minutos passou um "bus" pra casa! Acho que nunca mais os verei!
Ontem à noite foi muito legal! Encontrei com as meninas na História e fomos jantar juntas. Conversamos e rimos bastante! É sempre bom estar com elas...
Ah! Mas o mais engraçado foi o Raphael, namorado da Thaís, que virou pra mim e disse que vai me apresentar um amigo dele. Ele disse que cara faz duas faculdades, tem dois empregos e não sei mais o que. Além de quererem me empurrar um namorado, como sempre, ainda querem que eu mal o veja, já que o cara não tem tempo, nem eu!
Eu ando tão desencanada de amor que é sempre nessas épocas que aparecem mais coisas do que a gente espera! Aí entra o famoso Murphy na estória!

sexta-feira, agosto 11, 2006

Livros e cores

Hoje, antes de chegar no escritório, passei num sebo em Pinheiros e fiquei procurando os livros que eu queria encontrar (não encontrei, logicamente) e aí o atendente, um japonês ( eu imgino que era japonês...minha dificuldade em descobrir se um ser de olho puxado é japonês, coreano, chinês é enorme! Para facilitar a minha vida, resolvi chamar todos de japa!) sentou-se em uma mesa e começou a assistir televisão. Era uma gravação ou algum canal japonês (podia ser chinês, coreano...). As pessoas que apareciam na telinha falavam algo que eu não entendia, mas que pelas risadas que davam no final parecia ser muito engraçado! Nunca havia passado por isso: ficar escolhendo um livro num sebo e tentando segurar a risada(gargalhada). A dificuldade era grande porque o tal atendente ria de um jeito tão contagiante que eu resolvi ir embora antes mesmo de procurar "qualquer" livro, já que eu não havia encontrado os que eu queria!
É engraçado como existem pessoas que conseguem se vestir com poucas cores! Eu adoro as cores. É claro que eu não me visto pra parecer um arco-íris, nem sou adepta da moda "Falcão" e "Tiririca", mas o mínimo de variação é bem vinda! Encontro, às vezes, uma menina que basicamente se veste de preto. Já a vi com uma blusa roxa e uma caça vinho, mas nada muito além disso. É engraçado pensar que as cores de roupas que a gente usa podem dizer algo sobre a nossa personalidade...é claro que isso não é geral, mas de certa forma é verdade!

quarta-feira, agosto 09, 2006

Ausência!

Ontem eu estava escrevendo aqui no blog e perdi a mensagem inteira. Talvez o blog tenha uma espécie de juíz de de autorização de postagem. Se ele percebe que seu post está pior do que os outros, ele simplesmente o deleta. Que raiva! Eu tinha colocado um poema e tudo!
Como eu fiquei com preguiça de postar ontem de novo, resolvi colocar o poema hoje!Esse poema já fez parte de uma desilusão amorosa antiga. Hoje ele faz parte da minha estória, apenas. Eu gosto bastante dele e vou dividir com vocês, embora eu ache que ele seja bem conhecido!


Ausência

Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausto.
No entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto e em minha voz a tua voz.
Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado.
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne como nódoa do passado.
Eu deixarei... tu irás e encostarás a tua face em outra face.
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada.
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu, porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só como os veleiros nos pontos silenciosos.
Mas eu te possuirei como ninguém porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas.
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.

Vinícius de Moraes

sexta-feira, agosto 04, 2006

Voltando a funcionar!

Tudo que eu sempre quis fazer foi estudar por um propósito(no sentido de: intenção de (fazer algo); projeto, desígnio)! Só que eu ainda não descobri qual será o meu grande propósito como aluna da Letras. Eu amo a minha faculdade: as matérias, os professores, os amigos, as leituras. É que eu ainda não descobri exatamente com o que vou trabalhar. "Me gusta mucho" a idéia de fazer iniciação científica e mais pra frente mestrado e doutorado. A idéia da iniciação já foi "proposta" pela professora que trabalha comigo. Embora ela seja da área de Antropologia, a possibilidade de eu fazer uma iniciação em lingüística, por exemplo, principalmente se tratando de língua indígena, é grande!Eu queria poder me dedicar mais ao canto e voltar a fazer teatro, sempre achei que eu fosse ter vida de artista!!!Por enquanto, o meu propósito é descobrir qual é o meu grande propósito!
Trabalhar com educação indígena é bem agradável! Ver os materiais prontos e saber que os índios estão passando nos concursos para a carreira de professor indígena é melhor ainda! Isso mostra que os materiais que produzimos são importantes. A minha parcela de participação na aprovação dos índios é basicamente nula perto do trabalho dos antropólogos e dos outros professores que administram as aulas. Mas o meu papel, de forma mais "específica", não é tão pequeno assim, já que sem o material eles não acompanhariam tão bem o curso. É claro que não sou eu quem prepara diretamente uma apostila de curso, longe de mim entender a forma adequada de "educar" os índios com apenas dois anos e meio de trabalho e pouco contato com esse povo distinto.
O mais legal é conhecer a forma de pensamento deles, seus mitos, estórias, costumes. Mas, acima de tudo, é preciso respeitar essas diferenças!
Bom, enrolei falando de trabalho e não falei da faculdade. Estou adorando o segundo semestre. Já separei alguns livros pra ler nesse final de semana. Língua Portuguesa é a matéria que anda me deixando mais animada. É uma espécie de recompensa pelo "desapontamento" do semestre passado! Eu gostei do curso passado, lógico, mas esse semestre parece que vai ser mais agradável. Não levem tão a sério porque eu posso mudar de idéia!rs
Estudos clássicos, como sempre, me encanta! E Lingüística tem me surpreendido a cada aula. Não é que essa matéria é legal?
obs: pela "primeira" vez descobri um cara "gato" na faculdade. Na verdade, ele "faz o meu tipo".Pode ser apenas fisicamente, porque eu nunca conversei com ele, mas já tá valendo! Encontrei com esse cara, cujo nome eu não faço a menor idéia, algumas vezes na biblioteca, durante o primeiro semestre. Uma troca de olhar aqui e outra ali e bateu um "esquecimento" quando eu parei de ir às aulas por causa da férias. Só que ontem quando eu entrei no ônibus eu dei de cara com o fulano bem na minha frente! Teve batida de braço no aperto do ônibus e pedido de desculpa da parte dele.
Depois que descemos do ônibus, no mesmo ponto pra minha felicidade, ele seguiu para o prédio da História/Geografia e eu para o da Letras. Bom saber que ele estuda ali por perto!hahaha

terça-feira, julho 18, 2006

A vida como ela é

Hoje o dia foi legal!
Trabalhei até às sete. Fechamento de livro é assim. Corre atrás de slide. Photoshop. Banco de imagens. Procura negativo. Normal.
Depois fui para a casa da minha tia por causa do aniersário dela! Cheguei lá e fiquei sabendo que a minha prima estava com uma câmera de vídeo. Ah! Eu e uma câmera! Imaginem! Não poderia deixar de filmar toda as coisas engraçadas da festa !hehehe
Adoro filmar e tirar fotos. Se eu tivesse uma filmadora, gravaria todos os "eventos". Festas churrascos de final de semana, reuniões com as amigas. Não faltariam risadas na hora de assistir aos vídeos. Agora foto é mais fácil. Pai fotógrafo. Embora eu ainda sonhe com a meu filme p&b e com a foto de batom vermelho.
Na festa rolou de tudo. Emoções com o vídeo-homenagem que fizémos pra "titia", propaganda improvisada do "Saint Germain" (modo dublagem), Lorena dançando ballet, Maria Lúcia animada dançando funk (quem diria) e muito mais.
Comi um bolo maravilhoso de chocolate com nozes!!!
Cheguei em casa meia noite e pouquinho!
Queria ler, mas o sono era enorme! Fui dormir.
________________________________________________________________
Hoje eu marquei otorrinolaringologista. Estou com medo de estar com fenda ou calo nas pregas vocais. Não quero ter que dar um "time" nas aulas de canto. Droga! Mas a minha professora falou que os fonoaudiólogos geralmente liberam as aulas porque os exercícios ajudam na recuperação. Tomara.
_________________________________________________________________
Tô marcando de ver "Carros" com um amigo. Dizem que é legal
___________________________________________________________________
Nossa....que bando de desgraça anda acontecendo nesse mundo....Líbano, Tsunami novamente...
E eu sonhei com tsunami esses dias. O onda, ou tsunami, de sonhos estranhos ainda não me abandonou Como estava por fora da notícias, só fiquei sabendo hoje do acontecido.
___________________________________________________________________
Tô vendo se começa a fazer aula de inglês pra fluirem melhor as coisas na conversação. O alemão eu nem estudei nessas férias. Vou tentar pegar hoje! É necessário!!!
Chega! Falei muito. Por hoje é só!!!

segunda-feira, julho 17, 2006

Segundona de pé direito!!!

Levantei hoje com a maior disposição!
O final de semana foi dos mais calmos possíveis, mas eu adorei!
Minha aula de canto foi ótima! cada dia eu amo mais o canto lírico! Quero viver de música!
À noite fiquei em casa..nem tenho saído!
No domingo, ontem, tive direito a almoço na casa da vó e ida ao Jockey! Assisti duas corridas, só! E voltei pra casa! Aí assisti " A Era do Gelo" - pela milésima vez- com a minha irmã e o namorado dela!
Bom, fiquei com raiva ontem: eu terminei de ler o livro do Dostoyevsky, mas descobri que são três volumes. Conclusão: terei que ler mais umas 700 páginas pra saber o final da estória! O pior é que eu peguei o livro na Biblioteca da faculdade e nem sei se existem os outros volumes lá! E se tiver, creio que não estejam em português! Me restará apenas uma opção: comprar os outros dois volumes porque aprender russo nessa altura do campeonato é quase impossível. Quem sabe mais pra frente eu não encare umas aulas de russo!
Enquanto eu não compro os outros dois volumes, vou terminar de ler "A Caverna" do Saramago.
Nada de muito emocianante tem acontecido comigo, mas eu tô feliz mesmo assim! Engraçado. Às vezes estou com sorte em vários setores da vida e mesmo assim falta algo. Agora não. Tá tudo tão normal e tão bom.
Na próxima semana, se der, eu quero assistir uma cantora lírica que está se apresentando na galeira Olido! Vamos ver se eu consigo assistir!

sexta-feira, julho 14, 2006

Viva a vida!!!

Esqueci de contar ontem que na última semana de julho eu estarei de férias: "no trabalho", "no faculdade", "no trânsito", "no casaço"..."yes música", "yes cinema", "yes livros", "yes amigos", "yes casa" e muito mais!
Não vou viajar, até porque não programei nada e não daria tempo de planejar algo do tipo. Minha cabeça está a mil! Altos projetos, vontades, loucuras . Estou pensando em estudar Lingüística nesse meio tempo. Tá, pode ser loucura, mas eu gostei das minhas últimas leituras e vou estudar com prazer!
Minha amiga não foi ontem em casa. FURONA! Mas vai hoje! Só que hoje eu tenho reunião com o "CORPO INDECENTE" do cursinho Fênix - onde eu dou aula de Literatura como voluntária - e não sei se consiguirei encontrá-la! Bom, pelo menos eu ficarei sabendo das fofocas, já que ela vai passar a tarde inteira com a minha irmã!

quinta-feira, julho 13, 2006

Surpresas...

Hahaha..eu quase não acreditei no que aconteceu ontem! Lembram da estória do meu sorriso de ontem? Então, adivinhem com quem eu dei de cara ontem mesmo na rua! Sim, com ele: o namorado dela. O mais engraçado é que dessa vez eu olhei pra cara dele, no mesmo lugar aonde eu cruzei com ela , só que ele abriu um sorriso e me deu um oi! Engraçado como as coisas acontecem nessa vida!
Quanto aos sonhos, acho que as coisas voltaram quase ao normal! Hoje sonhei com briga de família, em um aniversário! Mas era estranho mesmo assim!
Ontem recebi o telefonema de uma amiga que eu amo muito! Fazia um tempinho que a gente não se falava!
Bom, não tenho grandes novidades!
Hoje eu acabo de ler "Os Demônios" do Dostoyevsky e amanhã tentarei acabar "A Caverna" do Saramago...depois tentarei reler alguma peça do Nelson Rodrigues ou ler algum dos filósofos que eu estou enrolando pra encarar!
Beijos

quarta-feira, julho 12, 2006

Esquetes da vida!

ESQUETE 1:
Ontem eu estava indo pra USP e encontrei a namorada de um conhecido na rua e sorri para ela crente de que eu fosse ser reconhecida .A menina manteve o rosto sereno, como quem não se abala ao ver alguém sorrindo e nem se preocupa em retribuir. Acho que ela deve ter pensado: " Quem é essa doida sorrindo pra mim?"!
ESQUETE 2:
Ando tendo uns sonhos estranhos essa semana! sonhei duas noites com o mar. No primeiro sonho, eu tentava atravessar uma praia que tinha umas pedras e um muro atrás destas, do lado da rua, e vinham umas ondas enormes que me cobriam e eu não conseguia atravessar direito. No segundo sonho, eu andava pela praia, uma praia enorme e cheia de gente vestida. As pessoas não estavam ali pra se banhar ou tomar sol, elas estavam sentadas em algumas mesas jogando carta ou andando pela orla, conversando ou não. A maré estava subindo e eu fugia da água...conseguia ficar no ar por um tempo e voltava ao chão! E essa noite: o sonho mais estranho: eu sonhei que o mundo ia explodir. Havia toda uma pesquisa sobre isso. Eu estava num supermercado e eu sabia que o mundo ia explodir em pouco tempo. Aí uma fumaça começou a aparecer e todos corriam. Eu corri também. Começaram a cair as paredes e os tetos do mercado e eu fiquei sobre os escombros, mas havia um buraco na minha frente que me deixava ver um pouco da luz que vinha de fora, misturada com a fumaça. eu acordei logo em seguida.
Esse é o terceiro dia de sonho estranho. Será que eles significam alguma coisa?
ESQUETE 3:
Eu estou ansiosa e feliz hoje! Ia ver um filme oriental, mas descobri que já o assisti! Talvez veja um diferente amanhã.
Esquete 4:
Estou com saudade da faculdade e dos meus amigos! Eles estão sempre próximos em preocupação: me escrevem, telefonam...tenho descoberto amigos muito especiais! O que dá uma tristeza, às vezes, é pensar que algumas pessoas que a gente gostaria que ligassem ou aparecessem nem sempre dão sinal de vida. Pelo contrário, se fazem de mortas!
Esquete 5:
Final da peça! To indo embora pra casa! Tô sem internet lá.
Já são 19h25min. Fiquei até mais tarde terminando um material de curso que vai pra aldeia.
Boa noite pra quem ler esse post!
Beijinhos

terça-feira, julho 11, 2006

Relatos interessantíssimos...

Hoje tudo volta ao normal...ou quase tudo!

Teve estréia da novela "Páginas da vida". A novela promete: muitos palavrões, traições, futilidades e diversão. Quando as aulas começarem eu não poderei mais assistir. Só aos sábados, antes das baladas, se eu tiver algum pique pra assistir.

Enquanto eu estou de férias, a novela vai ter certa exclusividade!


Faz um tempo já que eu não pego uma novela desde o começo e compreendo o que acontece com as personagens! "Belíssima" eu quase não assisti. Eu perdi dois dias ainda na última semana da trama. Mas o final eu não pude deixar de assistir!

Eu quero que as aulas voltem! Adoro aquela faculdade! Só falta eu dormir na USP porque eu já passo o dia inteiro no Núcleo e depois vou pra aula...

Vou tentar ser a aluna exemplar no próximo semestre! Eu sei que eu dei o que eu "podia" dar de mim, mas ainda assim não alcancei meu "grau de boa aluna". Fiquei muito cansada com o ritmo das leituras e tal. No segundo semestre, eu vou me organizar e ler tudo bonitinho!!!

domingo, julho 09, 2006

I like to move it. move it!!!


Não dei aula hoje. Até certo ponto isso é positivo: eu durmo mais, tenho tempo pra resolver algumas coisas, vou descansada para a aula de canto e assim vai.

Tinha um churrasco depois da aula de canto, mas não aconteceu.
Marquei de sair com o Marcão e com o Brunão. Aliás, essa saída com o Marcão e com o Brunão já estava pra entrar pra história, quase três meses combinando isso e não dava certo. Finalmente.
Foi muito legal! Deu pra matar a saudade dos amigos e rir bastante também!
Eu, Brunão, Marcão e André num boteco-padoca lá da Cardeal Arco Verde até às 5 horas da matina! Vida boêmia às vezes é praticada pela pessoa que voz fala! Só que antes teve sessão "I like to move it, move it"! Essa música não sairá muito cedo da minha cabeça!

Mudando de assunto, estou "cantando" (é que ainda não aprendi direito) a minha primeira música do canto lírico. Muito bonitinha. É uma música do folclore espanhol. O nome dela é " Al subir Sierra Morena".

Depois desse semestre corrido, estou livre pra fazer tudo o que quiser. Quase tudo. Eu ainda estou trabalhando. Trabalho me lembra férias e férias me lembra a viagem pra Argentina (Buenos Aires, talvez Bariloche também) que eu e a Carol estamos marcando. Uhu! Vai ser ótimo!

Estamos organizando pra sair entre janeiro/fevereiro de 2007. O que importa é que eu vou, independente de alguém ir comigo! Adoro fazer as coisas sozinha: ir ao cinema, ao teatro, rodar a cidade, comer...Não tenho problema com a solidão.